ENTRE EM CONTATO: 55 3025-9725 | portaldecursos@fisma.com.br




Instrumentação Cirúrgica em Vídeo - Cirurgia Nível I

Enfermagem

APRESENTAÇÃO DO CURSO

Introdução

  A vídeo cirurgia no Brasil iniciou suas atividades no1989 e passou a ter sua técnica difundida nos anos 90. A princípio e coerente com a história, pouco crédito foi dado a uma técnica que mudava o paradigma cirúrgico. Foi o esforço de alguns cirurgiões que manteve a chama acesa naquele inicio de atividade. Os que se levantavam contra, esbarravam não só nas vantagens que a técnica oferecia aos pacientes (menor trauma cirúrgico, menor tempo de permanência hospitalar, rápida recuperação), mas principalmente pela crença e bravura deste grupo que acreditou na vídeo cirurgia. Coerente também com a história da criação das Sociedades Médicas, este grupo se reuniu em torno de um ideal e criou a SOBRASIL (Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica).
  A vídeo cirurgia é um novo paradigma cirúrgico que engloba conhecimentos anatômicos e fisiopatológicos específicos, que requer treinamento em novas técnicas cirúrgicas, um saber operar diferente da via convencional, um cuidado pós-operatório que contemple o procedimento cirúrgico realizado. Realmente não é apenas uma via de acesso. É sim uma "área de atuação" como poucas, pois, está inserida em várias especialidades compartilhando equipamentos, técnicas e intervenções em procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos.
  A segurança do procedimento é outro aspecto importante e a tecnologia é uma grande aliada, uma vez que são utilizados equipamentos altamente avançados, como câmeras de alta resolução, que aumentam em até 20 vezes a imagem da região a ser operada, e iluminação potente, de aproximadamente 400 W. “Rastreamos a cavidade abdominal com um periscópio e uma câmera espiã por meio de uma abertura de apenas cinco milímetros, o que é minimamente invasivo”.
  Desta forma a medicina alia-se cada vez mais a inserção tecnologia em busca de novas alternativas ao tratamento cirúrgico, estamos caminhando a passos largos para robótica, sala de áudio conferências  via intraoperatória o que qualifica a assistência prestada, é com esta perspectiva que o curso de instrumentação cirúrgica em vídeo cirurgia tem em acompanhar o avanço tecnológico direcionado a medicina cirúrgica.
 

Objetivo

•    Conhecer , reconhecer instrumentais de vídeo cirurgia.
•    Realizar procedimento técnico na área de atuação de instrumentação com aptidão técnica, embasado no conhecimento técnico científico da técnica laparoscópica;
•    Qualificar profissionais para exercer a profissão com ética e segurança observando as Diretrizes Nacionais da Cirurgia Segura.
 

Pré-requisitos

Ter mais de 18 anos, ser profissional ou aluno da área da saúde que comprovem a conclusão do Curso de capacitação em instrumentação cirúrgica básica.
 

Carga horária

Carga Horária Horas Períodos segundas, quartas e sextas-feiras
Teórica 180horas Inicio: 07/05/2018
Termino: 07/06/2018
Atividade de observação em sala cirúrgica e manuseio de instrumental laparoscópico em unidade hospitalar 30 horas Inicio – 23/05/2018
Término – 07/06/2018
Atividade Prática Monitorada 50 horas ou 8 procedimentos cirúrgicos Inicio – 08/06/2018
Término – 06/07/2018
Total 260horas
 

Apitidões Após o Curso

  Profissional altamente qualificado, com perfil empreendedor proativo, dinâmico atento aos preceitos éticos da profissão comprometidos com a segurança da vida Humana. Exercendo sua atividade laboral com amor e dedicação participando como integrante da equipe cirúrgica, tendo a responsabilidade de cuidar e zelar pelos instrumentais cirúrgicos por ele manipulados que serão usados durante o tratamento cirúrgico.
  

Data para Início

TEÓRICAS:
A Escola Técnica Fisma, reserva-se o direito de realizar o curso, desde que haja 20 (vinte e cinco) alunos matriculados.

Inicio - 07 de maio (aulas teóricas)
Término – 06 de Julho (aulas teóricas) 
Turno – Noturno (3X na semana)
Dias – Segundas, Quartas e Sextas-feiras
Totalizando – 180 horas 

PRÁTICAS:
Após a conclusão das aulas teóricas, as atividades práticas irão ocorrer durante a semana e aos finais de semana de acordo com a escala de estágio.
Inicio – 08/06/2018
Término – 06/07/2018

Horários

As aulas ministradas nas Segundas-feiras, Quartas-feiras e Sextas-Feiras (noite). Horários 19h15min ás 22h50min. 
 

Documentos Para Matrícula

  • Comprovante de pagamento da matrícula caso opte por pagar a matrícula via PagSeguro;
  • Certificado de conclusão do curso na área da saúde ou comprovante de matrícula.
  • Comprovante de endereço;
  • Apresentar o original e cópia RG;
  • Apresentar o original e cópia CPF.
 

Local das Aulas Teóricas

FACULDADE INTEGRADA DE SANTA MARIA
Av. Presidente Vargas , 2355
Clínica Wilson Aita, 5º andar
Cep: 97015-512 – Santa Maria - RS
Fone: 3025-9741 ou 3025-9725
 

Local das Atividades Práticas

Casa de Saúde
Bloco Cirúrgico
Rua Ari Lagranha Domingues, nº 188,
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro/Itararé.
Santa Maria/RS
 
Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo.
Bloco cirúrgico
Av. Presidente Vargas, 2291 
Centro - Santa Maria - RS - CEP: 97.015-513 | Fone: (55) 3220-4444
 

Corpo Docente

Professores Qualificação
Claudiane Machado Krusche (30 h aula teórica)
                                               
Enfermeira
 Simone Almada (60 h aula teórica)
                           (40 h aula prática)
Enfermeira
Michele Avello (90 h aula teórica)
                          (40 h aula prática)
Enfermeira
 

Certificação

  Ao concluir, com 75% de frequência em todas as disciplinas, o aluno recebe o Certificado de Qualificação a Nível Médio, em Capacitação Instrumentação Cirúrgica em vídeo - cirurgia nível I, com validade em todo território nacional.
 

Valor do Curso 

PÚBLICO A VISTA 6X 8X
Profissionais e Alunos Egressos da FISMA 1.950,00 348,00 374,00
Profissionais e Alunos 2.100,00 371,00 391,00
Valor de Matrícula 50,00

Conteúdo Programático

A organização curricular deste Curso de Capacitação em instrumentação cirúrgica em vídeo cirurgia Nível I prevê três módulos. A sequência de desenvolvimento dos componentes curriculares de cada Módulo ficará a critério da coordenação técnica e pedagógica do curso.

Módulo I – Compõe-se das competências básicas teóricas, compreendem as disciplinas de fundamentos da instrumentação em vídeo cirurgia, terminologia cirúrgica via laparoscópica, prevenção e controle de infecção, ética e relações humanas no trabalho. Totalizando 180 horas aula, para o bom andamento das atividades é importante que o número de alunos matriculados não ultrapasse 25 alunos.

Módulo II – Atividades práticas supervisionadas de visualização do procedimento cirúrgico em sala cirúrgica no centro cirúrgico na unidade hospitalar e aulas expositivas de manuseio de instrumentais laparoscópicos no CME em unidade hospitalar. Sendo necessária esta visualização associada a prática devido alto custo destes instrumentais e ao suporte técnico envolvido para a manutenção dos mesmos.

Módulo III– Compõe-se das competências práticas relativas aos Procedimentos de Trabalho em instrumentação cirúrgica em vídeo cirurgia nível I. Neste momento os alunos serão divididos em grupos de prática  com no máximo 5 alunos em cada grupo, totalizando 50 horas ou 8 procedimentos cirúrgicos comtemplando a baixa, média e alta complexidade.
 
 MÓDULOS COMPONENTES CURRICULARES CARGA HORÁRIA
I  
  • Fundamentos da instrumentação – 100 h/a
  • Terminologias cirúrgicas via laparoscópica- 30h/a
  • Prevenção e controle de infecção- 30h/a
  • Ética e relações humanas do trabalho- 20h/a
180 h
II
  • Atividades Práticas supervisionadas de visualização  do procedimento cirúrgico e manuseio de instrumentais no CME em unidade hospitalar
30 h
II
  • Atividades Práticas supervisionadas
50 horas ou 8 procedimentos
Total                                                                                                260 h
 
 
COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS A SEREM DESENVOLVIDAS
 
Fundamentos da instrumentação – 100 h/a
- Interpretar as normas técnicas e os manuais de utilização de aparelhos e equipamentos específicos;
- Conhecer a organização, estrutura e funcionamento de um centro cirúrgico;
- Conhecer os princípios de ação físico-químico dos agentes utilizados na descontaminação, limpeza, antissepsia, desinfecção e esterilização dos materiais;
- Identificar os cuidados especiais relacionados ao manuseio do material esterilizado.

Terminologias cirúrgicas- 30h/a
- Identificar forma e estrutura da fisiologia e anatomia humana;
- Conhecer o funcionamento dos diferentes sistemas do corpo humano.

Prevenção e controle de infecção- 30h/a
- Caracterizar agentes, causas, fontes e natureza de contaminação;
- Reconhecer a técnica de higienização das mãos como um dos procedimentos básicos no controle de infecção hospitalar, executando-a antes e após a realização de procedimentos técnicos e do atendimento aos clientes/pacientes.
- Caracterizar as doenças transmissíveis e as respectivas cadeias de transmissão;
- Reconhecer sua prática profissional como um dos fatores que interferem nos índices de infecção hospitalar.

Ética e relações humanas do trabalho- 20h/a
- Analisar rotinas e procedimentos de trabalho com a finalidade de propor atualização e contextualização destes procedimentos sempre que se fizer necessário;
- Reconhecer os limites de sua atuação, das leis do exercício profissional e códigos de ética das categorias profissionais das áreas da saúde;
- Interpretar normas de segurança no trabalho;

INSCREVA-SE JÁ